Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Até que de riso te encha a boca, e os teus lábios de louvor.

(Jó 8:21)

Asteroides causam dezenas de explosões de escala nuclear na atmosfera da Terra
Fonte: IEMIF - 23/04/2014 - 10h45min
Asteroides causam dezenas de explosões de escala nuclear na atmosfera da Terra

VIENA - Somente entre 2000 e 2013, 26 explosões de asteroides de escala nuclear atingiram a atmosfera da Terra. Elas não causaram dano, pois estavam distante, mas o fato de que nenhuma foi prevista ou monitorada por observatórios em solo ou telescópios espaciais mostra como o planeta está vulnerável, alerta um novo relatório da Organização do Tratado de Interdição Completa de Ensaios Nucleares (CTBTO).
O documento do CTBTO - que opera uma rede para detectar explosões de armas nucleares - mostra que algumas das 26 explosões registradas foram mais intensas do que a bomba que destruiu Hiroshima em 1945, e que gerou uma energia equivalente a 16 milhões de toneladas de TNT.


- Apesar de a maioria dos grandes asteroides com potencial para destruir um país ou continente inteiro ter sido detectado, menos de 10 mil dos mais de um milhão de asteroides com o potencial de destruir uma grande área metropolitana foram encontrados por todo o espaço monitorado por observatórios - disse Ed Lu, ex-astronauta e fundador da Fundação B612, um organismo de investigação dedicado a encontrar formas de proteger a Terra de asteroides perigosos, ao “Guardian”.


Últimos impactos
O impacto mais forte dos últimos tempos na Terra aconteceu em 1908, na Sibéria. Com energia equivalente entre 5 e 15 milhões de toneladas, a explosão arrasou uma área de floresta de 770 quilômetros quadrados.
Em fevereiro de 2013, a cidade russa de Chelyabinsk foi alvo de uma explosão de 500 mil toneladas de um asteroide de 18 metros de largura que causou danos por quilômetros e feriu mais de mil pessoas.


A fundação B612 pretende lançar, em 2018, o telescópio Sentinela, que tem como objetivo encontrar asteroides de cerca de 140 metros de largura a uma distância de milhões de quilômetros da Terra. Eles esperam detectar 200 mil asteroides em seu primeiro ano de operação.

 

 
Compartilhar
Comentários
Onde Estamos:

» Av. Automóvel Clube, 17.528
Santa Cruz da Serra - Duque de Caxias - RJ

» Rua 12 n° 3  Atrás do D.P.O,  Nova Campinas, Duque de Caxias

» Rua Ubirajára n° 21, Vila Maria Helena, Duque de Caxias

» Av. Moacyr Padilha 1117, Jardim Primavera, Duque de Caxias

» Rua Raul Travassos da Rosa antiga rua 03 (Antigo Material de Construção Pernambuco) Nº 636 Jardim Primavera - Duque de Caxias - Filadélfia Jardim Primavera 2

» Regional Centro-Oeste
Rua Dr. Laureano-Qd 17-Lt 09
Vila Mauá - Goiânia -GO | Tel: (62) 3639-7480

Contato:
(021)*3658-4454
(021)*3653-4920
© 2011 Ministério Internacional Filadélfia - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por InovaSite